Saiba quem está a tocar à campainha com o Nest Hello

Nest é uma empresa americana voltada para a domótica e para a “Internet das Coisas” (IoT). O lema desta é tornar a casa num local que cuida de nós. Como referem no site A home that takes care of the people inside it and the world around it“.

Tendo em vista este objetivo, no último mês, apresentaram diversos dispositivos de segurança. Inclui câmaras, sensores, sistemas de alarme, etc. O que mais nos chamou a atenção foi uma campainha inteligente.

Confira já o vídeo abaixo.

nest hello

Nest Hello: A campainha inteligente

Hello não é uma campainha vulgar. Pelo contrário. Incorpora uma câmara com vídeo HD, fornecendo imagens nítidas e claras de dia e de noite. A câmara grava vídeos em 720p em formato 4:3 com HDR e possui uma lente angular de 160 graus. Para uma melhor visibilidade inclui luz LED de forma a iluminar a entrada. Conta também com um altifalante e microfone para comunicação e Bluetooth LE para compatibilidade com smartphone. Através deste, o proprietário pode ver em tempo real, no seu telemóvel, a pessoa que está à porta.

Mas até agora, nada de outro mundo. O interessante é que, para além disto, integra um sistema de reconhecimento facial e de deteção de pessoas. Mesmo que uma pessoa não tenha tocado na campainha, esta consegue detetá-la e alertar os proprietários da casa. Consegue também reconhecer o rosto da pessoa, identificando os indivíduos de confiança e os estranhos. Após esta identificação, notifica os proprietários com diferentes tons. Por exemplo, se identificar alguém estranho emitirá um som alarmante.

Uma outra característica é que pode ser programado para abrir automaticamente a porta a determinada pessoa. Assim como pode ser gravada uma mensagem para quando ninguém se encontra em casa. Prático não acham?

nest hello

O dispositivo estará disponível no início de 2018. O preço ainda não foi divulgado. Uma má notícia é que, infelizmente, a marca Nest não comercializa diretamente em Portugal. Se está a pensar comprar o Nest Hello provavelmente terá de o fazer em terras vizinhas.

Deixe o seu comentário...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *