A visão artificial dos novos sensores da Sony é espetacular: 1.000 imagens por segundo para seguir objetos

A Sony é, atualmente, a rainha dos sensores de imagem, tanto em produção como em tecnologia, por isso, se há empresa que pode criar uma visão artificial com as capacidades que vamos apresentar, é a multinacional japonesa.

Somos confrontados com olhos inteligentes criados com um sensor CMOS, que não se destina a ser parte de qualquer câmara ou smartphone do futuro, em vez disso, fará parte de fábricas, com linhas de produção cheia de robots.

O chip denomina-se IMX382, como alguns sabem é um nome bastante familiar nos seus produtos. O que o torna realmente especial é a capacidade de não perder os objetos de cena, graças à captura de 1.000 imagens por segundo.

Como a prioridade aqui é a velocidade e não qualidade e imagem, a Sony escolheu uma resolução bastante baixa, 1.27 megapixéis. A graça da questão é que este sensor retro iluminado carrega um processador de imagem integrado, dedicado ao reconhecimento dos elementos.

Acho que a melhor coisa nesses casos é ver um vídeo explicativo do que é que Sony IMX382 faz realmente.

 

 

Poderíamos dizer que todo o fluxo de informações importantes está na mesma solução, algo que o torna eficiente para as empresas que querem fazer uso dele. O reconhecimento pode ser executado sempre que uma frame é registada, sem precisar de enviar as informações para um elemento externo.

Ok, não é um produto que vamos desfrutar em primeira mão, mas não pode negar que é interessante saber o nível que pode ser alcançado através da integração de elementos de hardware no mesmo sítio.

A Sony está muito interessada em desenvolver este tipo de soluções, de facto, algumas das câmaras que apresentou recentemente têm memória integrada ao nível do sensor.

Este sensor estará à venda em 2018, mas as primeiras amostras estarão disponíveis em outubro deste mesmo ano. O preço ronda os 800 euros, o que parece muito, mas é uma quantia baixa para algo que não é produzido em massa, e tão inovador.

 

sensor imagem

Deixe o seu comentário...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *