Caça aos drones durante a visita do Papa a Portugal

Nos próximos dias 12 e 13 de Maio dar-se-à a visita do Papa Francisco ao Santuário de Fátima. Como tal, novas medidas de segurança serão implementadas. Segundo apurou o Jornal de Notícias, através de fontes ligadas à segurança de Sua Santidade, a polícia portuguesa usará um dispositivo que permite o bloqueio das frequências rádio, essenciais à operação de drones. Assim, quem fizer voar um drone ilegal sobre aquela área, durante a visita, arrisca-se a vê-lo cair.

É a primeira vez que estes sistemas de deteção e bloqueio de drones serão utilizados em Portugal e, devido ao valor elevado desta tecnologia, a polícia portuguesa deverá fazer o aluguer dos dispositivos. A escolha deste método em detrimento de radares de deteção baseia-se no facto de os aparelhos voadores terem um tamanho inferior ao que o radar consegue captar.

Na zona de restrição definida só poderão voar os drones autorizados pela polícia. Ao controlo dos aparelhos de segurança estará uma equipa atribuída pela empresa de aluguer.

Em casos de risco, o dispositivo será também habilitado a bloquear as comunicações via telefone/telemóvel. Caso identificada alguma ameaça, todos os telefones/telemóveis serão remotamente interrompidos.

A polícia terá ainda ao dispor estações de satélite móveis para facilitar e reforçar a comunicação com a Proteção Civil. Estes equipamentos são indispensáveis, pois foi detetada, na zona de Fátima, alguma vulnerabilidade na rede do SIRESP, o sistema de comunicações comuns às forças policias e Proteção Civil.

 

Deixe o seu comentário...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *