Altifalantes impressos em 3D podem melhorar a qualidade do som? Esta empresa acredita que sim e estas são as suas primeiras criações

As impressoras 3D permitem fabricar uma infinidade de pequenos objetos com diferentes materiais e formas e são destinadas a revolucionar a indústria tal como a conhecemos hoje. Também é possível usá-las para construir altifalantes? A empresa Alienology acredita que sim e estas são as suas primeiras criações.

Estes são os modelos de altifalantes T3TRA, disponíveis em muitas configurações ativas e passivas diferentes, e todos eles têm em comum a impressão da estrutura em 3D. Porquê? Quais são as vantagens desta tecnologia?
De acordo com os seus criadores, a impressão de toda a estrutura principal ao mesmo tempo e com uma única peça sem juntas é possível reduzir as vibrações indesejadas e ter um som mais nítido. Além disso, podem dar-lhe a forma que quiserem, neste caso uma espécie de tetraedro que reduz as ressonâncias e ondas estacionárias do interior para minimizar a cor artificial das ondas sonoras.

 

altifalantes impressos em 3d

 

Em teoria, parecem estar certos, mas usam placas de madeira para cobrir os buracos, então há articulações e juntas. Sendo assim não sabemos até que ponto esta técnica é eficaz (talvez se todo o corpo tivesse sido impresso  de uma vez obteria melhores resultados).

O T3TRA está disponível em dois formatos, um ativo com um amplificador integrado de 20 watts e conexão Bluetooth, que pode ser usado em mono (ambos os canais no mesmo altifalante) ou em estéreo, ligando dois altifalantes com um cabo. Ambos usam um driver de 3 polegadas com cone de alumínio. Há também uma versão totalmente passiva que podemos usar com qualquer amplificador que oferece até 30 watts e 8 ohm.

 

 

Preço e disponibilidade

Estes curiosos altifalantes estão atualmente à procura de financiamento na Kickstarter e pretendem começar a vender no verão por um preço que começa em US $155.

 

Deixe o seu comentário...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *